4.10.04



5 ANOS DE SAUDADE

Lembro-me saudosamente, mas o meu irmão é quem mais a recorda e a sente.

Sem comentários: